É seguro voar de balão?

Voar de Balão

O balonismo é mais que um esporte: é também um hobby, tanto para pilotos quanto passageiros, e uma forma bastante difundida de turismo em diversos países. Em todas essas variações, andar de balão é muito seguro. É considerada a atividade de voo mais segura que existe – mesmo quando comparada à aviação.

Os primeiros experimentos de voos com balão, como forma de transporte, aconteceram há mais de três séculos. Considerado um precursor da aviação mundial, o balonismo é a forma bem-sucedida mais antiga de transporte humano pelos ares.

O primeiro voo de balão realizado com pessoas ocorreu em 1783, na França, devido aos esforços dos pilotos Jean-François Pilâtre de Rozier e François Laurent d’Arlandes. Durante 25 minutos, eles viajaram cerca de 12 quilômetros a uma altitude de quase mil metros ao redor de Paris.

Já o balonismo, como esporte e modo de turismo, tem passado por uma grande evolução nos últimos 50 anos, sendo muito difundida no mundo todo. Seja para participar de um esporte, ver o mundo de cima ou simplesmente se divertir, voar de balão é recomendado para todos os que possuem espírito de aventura!

É necessário, porém, tomar cuidado e se assegurar de que a atividade é regulamentada no local e feita por profissionais em uma área adequada. Para voar de balão, não há qualquer restrição. Já para pilotar, é preciso passar antes por um curso de balonismo, ter mais de 18 anos e demonstrar aptidão física e psicológica.

fogo

O melhor do balonismo é a sua simplicidade. Com o material necessário separado previamente, uma equipe bem treinada consegue montar um balão e deixá-lo pronto para voar em apenas 10 minutos. São necessários um cesto, o globo, combustível e o chamado maçarico, com o qual se dosa as chamas que fazem o balão decolar, se manter no ar e, enfim, pousar.

Todo o processo é controlado pelo piloto, que deve equilibrar os esforços necessários para manter o veículo no ar ou levá-lo à terra firme. Ou seja, voar de balão é ação de ‘maçaricar’, mantendo o ar aquecido no interior e em equilíbrio com o ar exterior. A Confederação Brasileira de Balonismo (CBB) compara este movimento ao de uma embarcação que flutua na água.

setting

Esse ato provoca empuxo e, depois de ter o ar aquecido, equilibra o peso necessário até possibilitar a decolagem. O tempo de voo depende da carga de combustível, mas geralmente dura cerca de 1h30. O recomendado, porém, é que os veículos saiam abastecidos com carga suficiente para duas horas de voo, por margem de segurança.

Como tudo que toma os céus, é claro que existem algumas preocupações que pilotos e passageiros devem ter antes de decidir voar. A principal delas é seguir as normas de segurança – rígidas e difundidas mundialmente. A maior parte dos acidentes com balões estão relacionados à falha humana.

Não é o tráfego que aumenta ou diminui os riscos de problemas. Nos locais onde o balonismo é permitido, há sempre uma reserva de grande espaço aéreo e, ainda que existam dezenas ou centenas de balões voando juntos, é muito difícil um encostar no outro. Por exemplo, áreas com aeroportos e onde há grande incidência de linhas de alta tensão não devem receber viagens de balão.

balões

Vale lembrar que cada balão é uma aeronave com prefixo, como qualquer outra (desde aviões Boeing a helicópteros, por exemplo). Assim como na aviação, toda a atividade deve ser feita por profissionais e supervisionada por controladores de voo.

Balões

voar de balão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *